Abordagens

15,00

Categoria:

Descrição

Com interesses culturais permanentes, como professor, e também por motivos de vizinhança, como natural do Douro (eixo Loureiro–Godim–Régua), Altino M Cardoso sempre beneficiou de óptima proximidade geográfica (acrescentaria ainda afectiva) com os Autores durienses, quer os ficcionistas (narradores, poetas, músicos…), quer os estudiosos da Região (economistas, historiadores, etnólogos…).
Nesse sentido se tem dedicado regularmente ao estudo de três grandes escritores durienses, que conheceu pessoalmente [Agustina Bessa-Luís, António Cabral e João de Araújo Correia].
O Alto Douro, desde a saga de Egas Moniz e de Cister, merece muitos e bons escritores, quer como secular calvário (=inferno) de sofrimento, quer, agora, ornado com as lantejoulas (paisagísticas) de Património Mundial.
Nunca é de mais honrar o ideal que o alimenta, o músculo que o cava e a pena que o recria, dourando, em pedra de xisto, a memória e a transcendência.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Abordagens”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *