A Magna Carta da historia do vinho do Porto

10,00

Categoria:

Descrição

2012 – A MAGNA CARTA DA HISTÓRIA DO VINHO DO PORTO

–  A ESCRITURA DE CISTER (1142)

A vinda de Cister para o Douro despovoado trouxe as varas borgonhesas do vinho de missa para 4 conventos.

A começar pelos Varais (escritura de 1132), Cister compra vários terrenos na encosta de Cambres (Lamego), agrupando-os, ainda no séc. XII, na granja de Mosteirô, que será reconhecida pelo Papa.

A necessidade de mão-de-obra atraíu às Vinhas os Galegos e com eles toda a Cultura compostelana do galego-português, nomeadamente as belas cantigas de amigo, algumas das quais permanecem na memória folclórica da Vinha.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “A Magna Carta da historia do vinho do Porto”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *